PÁGINAS

Páginas

1822

Imagem Arquivo Artesanato Irene
Ficha técnica
Titulo: 1822
Autor: Laurentino Gomes
Editora: Ediouro
Páginas: 328
Ano: 2010
Assunto: História 
Idioma: Português 
Edição:
Curioso: lelivros.love 

Laurentino Gomes um escritor que ganhou não só o meu respeito mas a minha admiração. Nascido em Maringá no Paraná em 17/02/1956. Jornalista e escritor brasileiro. mais informações, biografia do autor.




Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil - um país que tinha tudo para dar errado.

Comentário/spoiler
Quando terminei o livro 1808 também de Laurentino Gomes lá em meados de 2016, não poderia deixar de lado a continuação dessa belíssima narrativa sobre nossas raízes. 
Então comecei a ler 1822 e tive grandes surpresas, uma narrativa linda e dividida por capítulos com desfecho de cada personagem. Uma linguagem moderna e bem compreensível. 

Vou citar apenas o capítulo que mais me comoveu e deixou-me intrigada. Sei que foi de grande importância a vitoria da Independência do Brasil, mas não sabia quem de foto estava por trás desse feito tão importante.

Leopoldina chegou ao Brasil com grandes expectativas e muitos sonhos, desde de muito cedo fora educada com conhecimentos científicos, estudou polítoca, estatística e vários idiomas. Quando chegou ao Brasil não imaginara passar por tudo sofrimento que passou e Dom Pedro jamais teria sido imperador sem a sua ajuda. Era uma mulher muito inteligente a frente de seu tempo. Muitas das conquista do marido deve-se a ela, juntamente com Bonifácio e seus aliados conseguiram a Independência do Brasil. Mas o pouco que ficou no no Brasil foi bem acolhida por aqueles que o amavam, o povo, esses sim era a seu favor. Sofreu muito nas mãos do marido, devido as traições de Dom Pedro com suas amantes em especial com Domitila de Castro a qual teve um relacionamento sério a ponto de deixar Leopoldina doente. Era uma pessoa meiga e carinhosa, gostava de ajudar os pobres e os escravos, as vezes se submetia a ficar em divida para ajudar os menos favorecidos.  E ainda tinha que lidar com o ciúme do marido, que a deixava trancada dentro do seu próprio quarto com guardas fazendo vigilância. O dia de sua morte foi de grande comoção, o povo se rebelou e teve grande protestos pela cidade.


Leiam vale a pena saber um pouquinho sobre nosso País. 

As guerras, as vitorias e as batalhas sangrentas que tiraram muitas vidas de forma desumana foram também relatadas no livros. Vale a pena ler. ☺  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SUA OPINIÃO, SERÁ UM PRAZER RESPONDER.
ACEITO CRÍTICA E ELOGIOS.