PÁGINAS

27/06/2017

Violetas na janelas


Sinopse/comentário

Quando ouvi falar do livro Violetas na Janela fiquei empolgada e comecei a procurar quem tinha para eu pedir emprestado. E logo encontrei. Quando comecei a ler confesso que não gostei muito, pois rotulei o título e fiquei procurando o que ia acontecer com as tais violetas. Mania que temos de rotular o conteúdo do livro com o título. Somente no segundo capitulo é que percebi quais eram o sentido das tais violetas.

Patrícia uma jovem de 19 anos que desencarna (morre) sem muito sofrimento foi levada para uma colônia, lá todos a recebem com muito carinho e amor. Aos poucos Patrícia descobre que no plano espiritual se aprende a viver sem as vontades e as necessidades do corpo, como; comer, tomar banho, ir ao banheiro etc. Pois as funções fisiológicas do corpo passam a ser não mais uma necessidade, ao logo dos dias aprende a lidar com isso.
Criada em uma família que já tinha um certo conhecimento com a espiritualidade, então Patrícia sentia as vibrações e energias naquele momento. Podendo perceber que seu pai em suas orações lhes mandava pensamentos bons, de incentivos, positivos para que ela aprendesse a lidar com a sua nova vida. Patrícia em vida terrena era uma pessoa especial, diferente e com um propósito de estudar para colaborar de alguma forma com a necessidade do outro, e no plano espiritual sua rotina não era diferente, procurava sempre aprender para evoluir. 
Em seu caminho encontrou muitos amigos e ouviu muitas histórias de pessoas que sofreram após o desencarne trazendo consigo dor e muito sofrimento por não se libertar dos vícios e desejos carnais do plano terreno.


Violetas na Janela é um livro rico e muito esclarecedor no que diz respeito a espiritualidade. Super indico! Patrícia é uma jovem apaixonante e inspiradora, me fez refletir em muitas coisas. Uma aprendizagem para a vida e além da vida.